Memória dos idosos: cuidados e estímulos

nov 16, 2017

0
Memória dos idosos: cuidados e estímulos

Memória dos idosos: cuidados e estímulos

Publicado em : Artigos em por : admin

O processo pelo qual o corpo passa, no decorrer em que a pessoa envelhece, traz a diminuição de entendimento rápido das informações, como também afeta a memória. Como o cérebro sofre modificações com o envelhecimento, esses acontecimentos são naturais da idade. Porém, para que eles não afetem a autonomia do indivíduo de forma drástica, oferecemos algumas dicas de como cuidar e melhorar a memória na terceira idade.

Movimentar-se é preciso

Olha só quem apareceu na lista das atividades para melhorar a memória: o exercício físico. Movimentar o corpo diminui a viscosidade do sangue. A importância disso? É o fluxo do sangue no cérebro acontecer de forma mais efetiva, melhorando as capacidades cognitivas, como a memória. Praticar caminhada, dança, hidroginástica, entre outros, faz tão bem ao cérebro que até a oxigenação melhora, diminuindo a incidência de acidentes vasculares encefálicos e demências.

Jogos

Um jogo muito presente na infância, mas que pode fazer parte da vida da terceira idade é o jogo das diferenças. Ao estimular a mente com a busca das diferenças, o jogo melhora a percepção e análise. O leque desses jogos na internet é grande, possibilitando assim a pratica do mesmo diariamente. Outro jogo sugerido é o dominó. As habilidades cerebrais são muito utilizadas com ele, pois é preciso analisar a partida estrategicamente e ter concentração e percepção visual. Junto a isso, vem a interação com mais pessoas, muito importante na melhor idade. Seja com os netos, filhos ou amigos, jogar dominó é uma atividade prazerosa e benéfica para a memória. Essas são algumas das possibilidades divertidas, para passar o tempo e também deixar a memória mais ativa.

Filmes e livros

Ler, além de ser uma atividade gostosa, que oferece contínuo conhecimento, estimula de maneira efetiva a memória. Isso porque a atenção depositada no momento da leitura é grande, para captação das informações. A sugestão é que, após ler, a pessoa seja estimulada a contar o livro de forma a treinar a habilidade de armazenar conteúdo. Com filmes é possível aplicar a mesma atividade.

Novidades estimulam o cérebro

Em função de estarmos habituados a realizar diversas atividades da mesma forma, sempre, algumas partes do cérebro geralmente não são usadas. Um bom exercício para estimular novas vias cerebrais é realizar atividades diárias de forma diferente. Procure intercalar a escova de dentes entre as duas mãos, use o relógio no pulso em que não usa e troque o mouse do computador de lado. É possível aliar o exercício físico diário a essas novidades também, mudando o trajeto de caminhada. Além da memória agradecer, você conhece outras paisagens!

Aprender, sempre!

A dica aqui é incentivar o idoso a aprender, por dia, uma palavra nova e seu o significado. O dicionário poderá ser o melhor amigo desse estímulo. Após, o interessante é que a palavra nova seja utilizada para construir frases e diferentes contextos. Além do vocabulário ficar ainda mais rico, o raciocínio e a criatividade serão potencializados com essa atividade. Não há limite de idade para se aprender algo novo, por isso, estimular o cérebro com o aprendizado de uma nova língua é ideal para retardar demências, como por exemplo o Alzheimer.

Viagens

Quem não gosta de viajar? Estimular a memória por meio de uma atividade tão prazerosa é uma das sugestões aqui. Além de diversos benefícios como a interação social, descobrimento de novos lugares, lazer e descanso, viajar é importante para acelerar o raciocínio e o entendimento. Quando conhecemos novos lugares, a curiosidade faz com que o cérebro receba continuamente informações renovadas, estimulando assim a atividade da mente. Buscar, durante essas viagens, atividades teatrais, música, artesanatos como tricô e crochê, jogos de tabuleiro e dança, deixarão o cérebro agradecido.

Vale lembrar: atividade física, ausência de cigarro e bebidas alcoólicas, dieta adequada e exercícios para a mente são escolhas sábias também. Nós acreditamos que a melhor escolha nessa fase da vida é aproveitar, viajar, divertir-se com bem-estar e confiança, e a mente em dia.

Leia também: Alimentação: você está fazendo isso direito?