Solidão na velhice: como lidar com esse sentimento?

abr 25, 2018

0
Solidão na velhice: como lidar com esse sentimento?

Solidão na velhice: como lidar com esse sentimento?

Publicado em : Artigos em por : admin

Os tempos mudaram, os hábitos não são mais os mesmos e, de repente, você se vê sozinho em um mundo cada vez mais populoso. Lidar com o sentimento de solidão nunca é uma tarefa simples. Reunimos algumas dicas para esse momento de muita reflexão.

ESTAR SÓ É UMA CONSTANTE

Com certeza, você já passou por momentos em que se sentiu solitário na vida. Quando envelhecemos, muita coisa muda e é preciso um maior esforço para encarar até mesmo pequenas alterações no cotidiano.

Mudanças bruscas de hábito, ter que se livrar de objetos com memória afetiva, tudo isso pode ser um problema e esses momentos demandam mais empatia por parte dos jovens.

É importante que você se valorize, para evitar que outras pessoas tirem o seu poder de escolha ou reduzam sua condição a uma certa incapacidade em relação às tarefas cotidianas. Embora sutil, essa é uma forma de violência e deve ser combatida por ambas as partes.

CONVIVER É APRENDER

Sabia que é plenamente possível ter uma convivência agradável e proveitosa entre gerações? Valorizar cada faixa etária pode enriquecer um relacionamento e é uma boa pedida para conviver com harmonia. Práticas como conversar e fazer alguma atividade em conjunto, ainda que simplesmente assistir à TV, ler ou passear podem ser muito proveitosas e estreitar o amor e a afinidade entre os familiares.

Na matéria Memória dos idosos: cuidados e estímulos , mostramos algumas formas de exercitar a memória nas fases mais avançadas da vida para estar bem consigo mesmo e se ocupar quando estiver só. Mas não se desespere quando se sentir assim. A solidão, como a tristeza e o fracasso, faz parte da condição humana e é preciso aprender a conviver com ela.

A SOLIDÃO TEM UM LADO BOM

Estamos sempre tentando a todo custo nos livrar do sentimento solitário, ocupando nossas mentes com qualquer atividade, sem perceber o quanto isso impacta na vida. Antes de se entregar à ansiedade, entenda que a solidão não é uma doença, portanto não é possível curá-la. Aprender a conviver com esse sentimento é bom para o cérebro e pode trazer benefícios ao longo da vida.

As redes sociais podem ser uma opção rápida para ocupar a cabeça, mas é preciso refletir se a conectividade constante te impede de questionar a perda dos momentos de solidão, tão necessários para o nosso desenvolvimento individual.

Sabemos que o homem é um ser social e que precisa da sociedade na qual está inserido, mas também pode se divertir se estiver sozinho. Então, faça um teste: experimente ir ao cinema sozinho um dia. Mesmo que você não se sinta tão bem num primeiro momento, pare e pense sobre suas sensações e procure se analisar um pouco mais.

Vivemos em sociedade, mas se sentir solitário não é anormal, é parte de quem somos e também do que precisamos em alguns momentos. Procure se concentrar em atividades que te façam bem, mas sem entorpecer sua mente. Converse com outras pessoas, leia mais, escreva sobre o seu dia, aposte nas revistas de colorir ou de palavras-cruzadas. Deixe a TV e o celular de lado!

ESTANDO SÓ, FIQUE BEM!

Ter autonomia para estar sozinho e ficar bem consigo mesmo pode te dar uma nova perspectiva de vida, além de contribuir para valorizar os outros momentos em que houver uma companhia. Você terá contato com um novo lado seu e isso pode ser muito positivo! Mais importante que tentar abolir a solidão é conseguir conciliá-la com atividades que trazem alegria.

Movimentar sua mente e seu corpo pode ser a chave para conviver com a condição de estar só sem impor demasiadas cobranças a si próprio e mantendo o constante exercício da evolução interior. Talvez a solidão se transforme no sentimento de gratidão pelos momentos que passamos com nossa melhor companhia: nós mesmos!

Sabemos da importância de viver com saúde, autonomia e liberdade, principalmente quando envelhecemos e é por isso que a Líderfarma está sempre trazendo novidades e ofertas para o seu bem estar.

Clique e veja nosso tablóide de ofertas.

LEIA TAMBÉM: Dicas para envelhecer com mais saúde