Calvície: o que causa e como lidar com esse problema?

maio 16, 2018

0
Calvície: o que causa e como lidar com esse problema?

Calvície: o que causa e como lidar com esse problema?

Publicado em : Notícias em por : admin

Nosso cabelo é nosso melhor cartão de visitas, não é? E quando algo não vai bem com as madeixas, muitas vezes ficamos sem saber como proceder. E quando o problema é a calvície antes da hora? Quais podem ser as causas desse problema?

POR QUE O CABELO CAI?

A calvície provém de uma desordem no ciclo de crescimento natural do cabelo, afetando principalmente os homens, apesar de estar cada vez mais presente também nas mulheres. Pode ser provocada por um desequilíbrio da oleosidade do couro cabeludo e da testosterona, hormônio sexual masculino.

Esse hormônio, ao atingir a raiz do cabelo, sofre a ação de enzimas, surgindo, então, substâncias que reduzem a velocidade de multiplicação das células dos bulbos capilares. Com a multiplicação das células comprometida, o cabelo vai se tornando mais fino e o crescimento cada vez mais vagaroso.

O bulbo capilar precisa que as células se multipliquem e formem uma haste que vai aumentando de tamanho e se desenvolvendo ao longo da vida. À medida que aumenta, as células se renovam de baixo para cima, morrendo na ponta do fio.

Depois de certo tempo, variável de pessoa para pessoa, os fios capilares caem e são substituídos por outros em processo de crescimento. Essa renovação capilar é permanente. Entretanto, no caso da calvície, ocorre uma atrofia dos bulbos capilares, tornando mais difícil o nascimento e crescimento de novos fios.

ENTENDENDO A CALVÍCIE

Todo fio de cabelo passa por 3 fases principais de desenvolvimento. O período de crescimento do cabelo, ou fase de anágena, dura anos e é caracterizado pelo crescimento e desenvolvimento do pelo.

Depois, inicia-se o período de regressão do fio, com duração de semanas. A ele damos o nome de catágena e é marcado pelo momento no qual o cabelo começa a se soltar da raiz para depois cair.

Por fim, é na fase telógena, de alguns meses, que o cabelo se desprende a qualquer momento do couro cabeludo, finalizando seu ciclo.

SEU CABELO TAMBÉM SE RENOVA

Durante a vida, os fios de cabelo se renovam diversas vezes e, quando somos jovens, é comum perdermos muito mais cabelo do que na idade adulta, porém você precisa estar atento para não confundir uma calvície precoce com o ciclo normal de crescimento e desenvolvimento do seu cabelo.

COMEÇOU A CAIR: E AGORA?

Antes de se apavorar com a queda do seu cabelo, você deve ter em mente que com o passar dos anos, o cabelo tende a diminuir em todas as pessoas, sejam homens ou mulheres. A perda dos fios não é uniforme ao longo da vida, embora a tensão e o estresse contribuam para o aumento da oleosidade, favorecendo a queda.

VOU PERDER TODO O CABELO?

Há alguns fatores que contribuem para uma maior queda de cabelo, como uma rotina estressante e cansativa, além da genética. Quando o início da perda começa muito cedo, por volta de 17 ou 18 anos, há grandes chances de ser proveniente de fatores genéticos e, nesses casos, fica mais difícil obter sucesso com tratamentos.

Por outro lado, quando a queda se inicia entre 25 e 26 anos, as possibilidades de responder melhor a um tratamento são maiores, já que a hereditariedade atua menos nesses casos. Assim como os cuidados essenciais com a pele que você pode ver em Cuidados com a pele: a beleza de ser saudável!, é imprescindível manter uma rotina que seja benéfica para seu cabelo.

E QUANDO NÃO É GENÉTICO?

Quando há muita oleosidade no couro cabeludo, surge um problema bem inconveniente: a dermatite seborreica, responsável pela queda capilar, embora em menor quantidade e mais lentamente. A incidência de oleosidade no couro cabeludo das pessoas carecas é bem alta e deve ser tratada com produtos e alimentação que agem direto no controle da dermatite.

ALOPECIA FEMININA: O QUE É?

Já parou pra pensar que a rotina atual das mulheres pode ser um fator determinante para a queda de cabelo? O aumento da tensão emocional a que estão expostas contribui para uma maior incidência da oleosidade nos bulbos capilares, aumentando a perda dos fios.

Outra questão muito importante a ser levada em conta é a carência nutritiva e anemia resultantes de uma má alimentação por conta das dietas “milagrosas” a que se submetem as mulheres sem o devido acompanhamento.

SEU CABELO MERECE CUIDADO

Lembre-se de que somente uma alimentação equilibrada pode não ser suficiente para manter seu cabelo saudável. É preciso escapar de armadilhas que envolvam processos químicos, como alisamentos, e procedimentos térmicos, como as adoradas escovas e chapinhas. Tais práticas comprometem a saúde dos fios e, juntamente com cremes e máscaras capilares, podem obstruir os bulbos capilares.

Nunca fez nenhum procedimento nocivo, se alimenta bem e nunca abusou de tinturas ou produtos e mesmo assim seu cabelo vem caindo? A causa pode estar nos bonés e chapéus. Quando usados com frequência, esquentam e abafam a cabeça, tendo o mesmo efeito de quando lavamos o cabelo e em seguida passamos cremes sem enxágue para pentear. Essa prática faz a gordura reaparecer, prejudicando o desenvolvimento dos fios.

Para manter seu cabelo saudável e evitar a perda demasiada dos fios, além de manter uma alimentação equilibrada e hábitos saudáveis, você pode optar por um tratamento que esteja de acordo com o seu tipo de calvície, sempre consultando um médico dermatologista. Seu bem estar vem em primeiro lugar, por isso a Líderfarma tem produtos pensados para você se sentir bem em todas as horas!

Clique e veja nosso tabloide de ofertas.