DEPRESSÃO NA TERCEIRA IDADE: COMO EVITAR

jul 9, 2019

0
DEPRESSÃO NA TERCEIRA IDADE: COMO EVITAR

DEPRESSÃO NA TERCEIRA IDADE: COMO EVITAR

Publicado em : Artigos em por : Rede Líderfarma
  • ,
  • ,
  • ,
  • A cada dia a longevidade alcança novos patamares e muitos idosos vivem cada vez mais sozinhos com conforto e disposição. Por outro lado, a solidão se tornou uma companhia frequente e pode ser perigosa. Como viver bem sem cair na depressão?

    MANTENHA A MENTE SAUDÁVEL

    Muitos sintomas que afetam a saúde mental costumam se manifestar de forma silenciosa e diferente, conforme o modo de vida. Atenção! Um início de depressão nem sempre vai se manifestar com tristeza, mas pode estar presente em forma de dores físicas.

    É importante ter em mente que a solidão na terceira idade pode contribuir para agravar a saúde do corpo e da mente. Ter mais contato com pessoas ou animais domésticos pode ajudar a organizar a rotina e manter a mente ocupada.

    Veja também Viajar na terceira idade: como se preparar?

    As pessoas do círculo social do idoso precisam exercitar a empatia e perceber quando os mais velhos estão se sentindo mais solitários. Sentimentos como tristeza e reclusão são comuns dessa fase da vida e devem ser enxergados como sinais de que algo não vai bem.

    A depressão pode, muitas vezes, vir acompanhada de ansiedade e prejudicar a rotina. É preciso saber quando for o momento de conversar e pedir ajuda. Estar sozinho não é indicativo imediato de doença do corpo ou da mente, mas os familiares e amigos precisam estar atentos sempre.

    Estar junto de quem te faz bem pode ser a chave para uma velhice tranquila e saudável. Imagem: iStock

    Estar junto de quem te faz bem pode ser a chave para uma velhice tranquila e saudável. Imagem: iStock

    DEPRESSÃO É COISA SÉRIA

    Quando algo não está certo na mente, os jovens costumam apresentar sinais bem específicos e intensos, de fácil identificação. Já com os idosos, a história fica um pouco diferente. Dificilmente o idoso vai se queixar de tristeza ou desânimo, por mais que esteja mais recluso e não faça as atividades que costumava fazer.

    Veja também Namorar na terceira idade: mais saúde e felicidade

    Nesse momento, ficar de olho nas reclamações por dores físicas recorrentes, problemas de memória ou dificuldades de seguir uma rotina saudável pode fazer toda a diferença para não deixar que a depressão tome conta.

    PREVENIR É O MELHOR REMÉDIO

    Percebeu que há um sentimento estranho, diferente do usual? Investir em atividades de convívio com outros idosos e se dedicar a exercícios que estimulem o cérebro pode ajudar a manter as relações sociais, imprescindíveis para um bom envelhecimento.

    Viajar ou elaborar passeios em grupos de terceira idade, praticar exercícios aeróbicos e fazer amizade ou até mesmo ter um animalzinho podem ser medidas simples e fazer uma enorme diferença para manter a mente e o corpo saudáveis de maneira simples e com mais alegria.

    E pensando na sua saúde e dos seus familiares, a Líderfarma preparou diversas ofertas para você se sentir bem sempre.

    Clique aqui para ver nosso tabloide online

    Fonte: Ministério da Saúde