Coronavírus: o que você precisa saber

mar 20, 2020

0
Coronavírus: o que você precisa saber

Coronavírus: o que você precisa saber

Publicado em : Artigos em por : lider
  • ,
  • ,
  • ,
  • ,
  • ,
  • ,
  • ,
  • O fim de 2019 foi marcado pela descoberta da COVID-19, doença causada por uma família de vírus que ocasiona infecções respiratórias, após casos registrados na China. Mas como se preparar para enfrentar o coronavírus? Tomar algumas medidas de precaução podem fazer a diferença na sua vida e na de outras pessoas.  Veja a seguir:

    SINTOMAS DO CORONAVÍRUS

    O vírus que ocasiona a doença do Coronavírus é altamente contagioso e, por essa razão, não podemos nos descuidar. Entre os sintomas mais comuns, estão a tosse, febre, dores no corpo e sintomas de gripe a depender da idade. Para os jovens, o vírus não tende a afetar muito a saúde, porém, pode ser letal para idosos e pessoas vulneráveis, que já possuam doenças crônicas. Outro sintoma da ação do vírus é a falta de ar resultante do enfraquecimento dos pulmões, o que pode ocasionar pneumonia. Nesse caso, é preciso ir para o hospital o quanto antes, para que o devido tratamento seja iniciado.

    COMO EVITAR CONTRAIR A DOENÇA

    Algumas pequenas medidas no dia a dia podem fazer toda a diferença, já que hoje o vírus está em transmissão comunitária, ou seja, não é possível definir quais indivíduos transmitiram a doença, uma vez que o contágio se dá por meio de espirros e superfícies contaminadas. A única forma de diminuir os riscos é ficando em casa.

    coronavírus

    Cuide da sua saúde para minimizar suas chances de contrair o vírus. Imagem: iStock

    A circulação restrita de pessoas minimiza as chances de aglomerações e, portanto, tende a diminuir também as possibilidades de adquirir a doença. Conter a circulação do vírus é a maior medida preventiva que o mundo todo está tomando para acabar com a pandemia, diminuindo os danos que o vírus pode causar à população.

    MANTER A CALMA E PENSAR NO OUTRO

    Colocar a empatia em dia e pensar no bem estar não só da sua família, como dos seus vizinhos é o melhor a ser feito nesse momento. Não toque em superfícies comuns, como maçanetas, botões de elevador, corrimãos sem estar protegido. Lave muito bem as mãos, braços e rosto com água e sabão, várias vezes ao dia. Precisou sair de casa e não tem banheiro próximo para fazer sua higiene protetiva? Use álcool gel como paliativo, mas atenção! Assim que possível, encontre um banheiro e refaça a higiene. Ao entrar em casa com compras, desinfete as sacolas, tire os sapatos na entrada e tome um banho. Evite trazer impurezas para dentro da sua casa.

    É HORA DE FICAR EM CASA

    Cada região precisa adotar as medidas necessárias para a segurança da população. O Ministério da Saúde recomenda que a redução do contato social seja feita o quanto antes e que algumas medidas sejam adotadas se você estiver sentindo algum sintoma de gripe. Cobrir a boca e o nariz com o antebraço ou lenço descartável ao tossir e espirrar evita que as partículas de saliva contaminadas atinjam outras pessoas.

    É preciso também ter um cuidado especial com os idosos e as pessoas que possuem doenças crônicas. Nelas a imunidade fica constantemente abalada e dificulta a luta contra o vírus pelo organismo. Se você está sentindo algum sintoma, mantenha a calma. Ir ao hospital fará com que você entre em contato com aglomerações e pessoas infectadas e que podem transmitir o vírus. A recomendação do Ministério da Saúde é que, ao sentirem sintomas, as pessoas saudáveis e jovens permaneçam em casa. A menos que um desses sintomas seja a falta de ar. Se for esse o caso, procure saber quais hospitais da sua região podem oferecer o atendimento correto. Vá ao hospital somente se for necessário.

    Ligue para o atendimento telefônico do SUS e tire suas dúvidas: 136

    Para maiores informações acerca da COVID-19, acesse: Ministério da Saúde

    Conte com a Líderfarma para manter sua saúde todos os dias! Clique aqui e veja nosso tabloide de ofertas

     

    Fonte: Ministério da Saúde