Melhore sua imunidade para enfrentar o inverno

jun 18, 2020

0
Melhore sua imunidade para enfrentar o inverno

Melhore sua imunidade para enfrentar o inverno

A cada dia crescem as preocupações acerca da covid-19 e toda a insegurança que a doença traz para esse momento. E com o inverno chegando, surgem as maiores dúvidas: como se manter saudável e com as vitaminas em dia se o isolamento social tomou conta de nossas vidas? E é por isso que reunimos aqui algumas dicas para você se alimentar melhor, movimentar o corpo e cuidar da sua imunidade.

POR QUE DEVEMOS CUIDAR DA IMUNIDADE

O Coronavírus, por infectar as vias respiratórias, tem em sua principal forma de prevenção o isolamento social. Além de precisarmos nos manter em casa o maior tempo possível e longe de aglomerações, é preciso reforçar também a higienização das mãos com sabonete e álcool gel. Quem não pode ficar isolado, precisa ter em mente que a limpeza das mãos e do rosto vem em primeiro lugar, portanto use máscaras e evite encostar nas outras pessoas. Ao chegar, é importante cuidar de quem mora com você também. Então vá direto para o chuveiro e lembre-se de colocar suas roupas para lavar.

Veja também Coronavírus: o que você precisa saber

Manter separados os copos e talheres de cada um dentro de casa também é uma forma de minimizar as chances de contrair a doença. É preciso também ter em mente a importância de optar por uma alimentação balanceada e beber muita água. Sua imunidade conta muito nessa hora e fará a diferença na forma como seu organismo pode lidar com a doença em caso de contaminação. O sistema imune precisa de cuidados, principalmente nas estações mais frias e secas do ano.

Aproveite a estação para manter seu corpo hidratado com muita água e bebidas quentinhas. Imagem: iStock

Aproveite a estação para manter seu corpo hidratado com muita água e bebidas quentinhas. Imagem: iStock

COMO FORTALECER O SISTEMA IMUNE

Além de levar em conta as dificuldades que a covid-19 pode trazer para o portador da doença, vale lembrar que outros males comuns no Brasil como a dengue e o H1N1, causador da influenza, continuam presentes. Sabendo disso, é preciso focar em consumir alimentos menos processados e aumentar a dose de frutas e verduras durante o dia. Se você está trabalhando à distância e seus filhos estão estudando em casa, procure manter uma rotina com lanches entre as aulas. Uma boa pedida são as frutas como a laranja, a goiaba e o mamão, que possuem vitamina C, além de serem suculentas e docinhas. Vale também fazer sucos naturais para complementar as refeições.  Procure sempre escolher bons alimentos e evite recorrer aos alimentos ultra processados nesse momento.

Veja também Dicas para manter a higiene e evitar doenças

SAÚDE MENTAL TAMBÉM É IMPORTANTE

Tenha em mente que estamos vivendo um momento de muita pressão e incertezas, portanto procure não se cobrar tanto. A preocupação em manter bons hábitos alimentares já é um ótimo passo, afinal sua imunidade também precisa de momentos de descanso. Para que o organismo permaneça saudável, não só o corpo como a saúde da mente conta bastante. E para isso, é preciso minimizar o estresse. Procure ter um sono de qualidade. Dormir bem pode ser um desafio nesses momentos, mas ajuda a minimizar os momentos de estresse que são altamente prejudiciais para sua saúde.

Veja também Depressão na quarentena: como lidar com os idosos?

COMO SE EXERCITAR NO FRIO?

Sente que seu organismo precisa de mais movimento, mas com esse frio fica impossível? Que tal praticar alguns exercícios mais leves na sala de casa? Vale uma aula de aeróbica ou até mesmo brincar e dançar com seus filhos. Momentos assim podem render boas recordações e estreitar ainda mais os laços em família. Mas não se esqueça: beba muita água! Manter o corpo hidratado faz toda a diferença para seu organismo, principalmente quando falamos das estações mais secas e frias. Como não transpiramos, nosso corpo tende a precisar de menos líquido. Então você vai precisar de um pouquinho de disciplina para se manter saudável.

Clique aqui para conferir as melhores ofertas para sua saúde em dia

Fonte: Ministério da Saúde | Portal G1