Check-list do consultório farmacêutico: serviços possíveis

dez 21, 2021

0
Check-list do consultório farmacêutico: serviços possíveis

Check-list do consultório farmacêutico: serviços possíveis

As funções do profissional farmacêutico vão muito além do atendimento. É responsável, também, por atividades não clínicas como de monitoramento do estoque e atualização de documentação legal e atividades clínicas, ligadas a verificação de sinais e sintomas dos pacientes que necessitam de atendimento.

Leia também: Os novos Ps do marketing na farmácia

Com isso, confira os possíveis serviços prestados pelo check-list farmacêutico:

– Autocuidado:

Serviço em que pacientes recebem orientação do farmacêutico para manejo de sintomas menores e uso seguro de medicamentos isentos de prescrição médica (MIPs). Nestes casos, é função do farmacêutico identificar a queixa do paciente, proceder a anamnese farmacêutica e orientar sobre as medidas farmacológicas e não-farmacológicas a fim de amenizar e resolver tal problema.

– Hipertensão:

Serviço prestado às pessoas que se encontram sob risco de desenvolver hipertensão arterial e as já diagnosticadas e que utilizam medicamentos para controle da doença.

É uma forma de colaborar para a detecção rápida, orientação e encaminhamento para diagnóstico médico e tratamento apropriado. Ademais, visa auxiliar pacientes a um tratamento com medicamentos anti-hipertensivos para o controle da pressão arterial e de possíveis fatores de risco. Da mesma forma, os pacientes podem aderir a um programa de acompanhamento, com avaliações periódicas, orientação continuada e ao uso correto da medicação.

– Perda de Peso:

Serviço farmacêutico oferecido a pacientes com sobrepeso ou obesidade e que desejam reduzir seu peso de forma contínua e saudável. O programa incentiva a adoção de hábitos saudáveis e oferece suporte ao tratamento prescrito por nutricionistas e médicos.

O farmacêutico tem função importante a desempenhar no cuidado dessa condição e auxiliar os pacientes a perder ou manter seu peso. Após a avaliação inicial, um plano de ação é definido com o paciente e o acompanhamento passa a ser periódico. O que inclui, aconselhamento comportamental específico, recomendações sobre alimentação e atividade física e uso de medicamentos, suplementos ou plantas medicinais.

– Diabetes:

Serviço que visa colaborar para detecção rápida, orientação e encaminhamento de pessoas com alterações dos níveis glicêmicos, a fim de um diagnóstico médico e tratamento adequado. Além disso, o programa é destinado a promover a educação dos pacientes sobre sua condição clínica e tratamento e, dar suporte ao autocuidado e monitoramento dos resultados.

No ambiente da farmácia, é realizada uma avaliação da glicemia, da utilização de medicamentos, adesão ao tratamento e episódios de hipoglicemia, bem como de conhecer a história da doença e suas complicações e comorbidades.

– Imunização:

Serviço oferecido a pacientes com necessidades relacionadas a vacinação. O mesmo, visa a orientação sanitária individual, a aplicação de vacinas, a vigilância farmacológica e o acompanhamento dos esquemas de vacinação. Sua atuação, contribui para a ampliação do acesso das pessoas e suas famílias à proteção individual contra doenças importantes, além de difundir informações sobre vacinas, calendário de vacinação, autocuidado e medidas preventivas.

– Parar de fumar:

Serviço que consiste no aconselhamento comportamental, terapia de reposição de nicotina, e acompanhamento por até um ano às pessoas que fumam e que desejam abandonar a dependência e se manterem longe do cigarro.

Através do programa, o paciente é auxiliado a parar de fumar de maneira bem sucedida e persistente, com consulta individualizada, para troca de experiências, avaliação do grau de dependência nicotínica e dos objetivos e acompanhamento periódico.

– Revisão da Medicação:

Consiste em uma consulta com o farmacêutico, na qual o paciente traz todos os seus medicamentos, incluindo aqueles prescritos, utilizados por automedicação, fitoterápicos, suplementos, entre outros. O objetivo é melhorar a adesão do paciente a farmacoterapia, considerada um dos maiores problemas associados às condições crônicas.

– Colesterol:

Serviço que visa em colaborar para detecção rápida, orientação e encaminhamento de pessoas com alterações dos níveis de lipídeos sanguíneos, a fim de buscar o diagnóstico médico e tratamento apropriado. Além disso, o programa auxilia os pacientes a compreenderem melhor sua condição clínica e de tratamento, bem como, a estimular o autocuidado e alcançar melhores resultados terapêuticos.

Leia também: LGPD nas farmácias: desafios na implantação

Fonte: Guia da Farmácia