Importância de fazer os exames de check-up

jun 24, 2022

0
Importância de fazer os exames de check-up

Importância de fazer os exames de check-up

Publicado em : Notícias em por : lider

Ter uma vida saudável vai além de manter a prática de atividades físicas e alimentação adequada. O cuidado com a saúde envolve também a realização de avaliações médicas, exames clínicos, de imagem e laboratoriais, que de forma simples e rotineira podem detectar possíveis alterações no organismo ou doenças ainda em estágios iniciais.

A realização do check-up atua de forma preventiva e segue aspectos específicos como idade, sexo e histórico pessoal e familiar. Todo o acompanhamento deve ser feito junto de um clínico geral ou médico que acompanha o paciente.

Assim, indica-se a realização dos exames na seguinte frequência:

  • Adultos saudáveis: a cada 2 anos;
  • Indivíduos com doenças crônicas, como hipertensão, diabetes ou câncer: a cada 6 meses;
  • Indivíduos com fatores de risco, obesas, fumantes, sedentárias ou com colesterol elevado: 1 vez por ano.

Leia também: Como aumentar a imunidade no inverno?

Os sinais do corpo também são importantes, que por muitas vezes é bem diferente do quanto parece. Pode desenvolver doenças assintomáticas, não aparentando os sintomas e assim, não realizando o acompanhamento médico constante e necessário.

Dentre os principais exames do check-up:

  • Glicemia em jejum;
  • Hemograma;
  • Ureia e creatinina;
  • Ácido úrico;
  • Colesterol total e frações;
  • Triglicerídeos;
  • TGO/AST e TGP/ALT;
  • TSH e T4 livre;
  • Fosfatase alcalina;
  • Gama-glutamiltransferase (GGT);
  • Proteína C reativa (PCR);
  • Exame de urina;
  • Exame de fezes.

No caso das mulheres, exames como papanicolau, vulvoscopia, ultrassonografia de mamas, colposcopia e ultrassonografia transvaginal devem ser feitos anualmente. É partir deles que o ginecologista diagnostica alguma infecção, cisto ou alteração no aparelho reprodutivo.

Leia também: Saúde das mães na gravidez

Já homens, a partir dos 40 anos, devem realizar exames de ultrassonografia de próstata e dosagem do hormônio PSA.

Fonte: Tua Saúde | G1